05/12/2010

Momentos de 30 anos - O 11 de Setembro

Leonard Slatkin e a orquestra da BBC no diz 15 de Setembro de 2001, com imagens do 11 de Setembro, apresentam a obra 11 de Samuel barber, Adágio para cordas.





Para o tema de Dezembro de 2010 sobre Objectos, pessoas, sítios e acontecimentos, num desafio da "Fábrica de Letras".

13 comentários:

pinguim disse...

Muito bem escolhida a forma de apresentar um verdadeiro acontecimento.
Tu não brincas em serviço, eheheheh.

Anónimo disse...

tão melhor se tivesse sido ficção ...



gb

Brown Eyes disse...

Este foi um acontecimento brutal, mais um acontecimento evitável se o fanatismo não fosse cego.
Beijinhos

meldevespas disse...

daquelas coisas que ainda preciso que me digam alto : não é um filme!
enfim...

Johnny disse...

Pinguim, qual acontecimento... também há um "não acontecimento"... não sei se é esse, mas a ver vamos...

muito melhor, gb, muito melhor.

O fanatismo é o cancro da sociedade, Mary. É uma frase forte que fica bem neste momento. Tenho dito.

Mel, infelizmente... NÃO É UM FILME!!!

Tulipa Negra disse...

É impressionante o que a estupidez dos homens consegue fazer. Um acontecimento que não será esquecido tão cedo, de certeza.

Moyle disse...

a música é mesmo muito boa. o resto... tanto me faz. não devia, mas tanto me faz.

Vita C disse...

A música :)
A julgar pelo título do post será um dos momentos a recordar nestes 30 anos. Todos nos lembramos onde estávamos no 11 de Setembro de 2001. O meu receio é que a memória das pessoas se torne curta, como tantas vezes se vem manifestar, não no que toca à tragédia em si, mas no que a despoletou e perpetuou.

Johnny disse...

Tulipa, um acontecimento cuja memória nos vai ultrapassar, certamente.

Moyle, não te diz nada, mas é claro que diz ao mundo e que mudou o mundo e a forma como grande parte das pessoas se sentem nesse mesmo mundo... basta andar de avião para ver isso.

Vita C, o que despoletou esta tragédia tem sido o mesmo de sempre, o fundamentalismo, seja ele religioso ou politico. Sendo assim, vai tornar a repetir-se, sim.

Moyle disse...

não discuto. não me diz nada em termos directos. não me impressiona, não me comove... é nesse sentido :)

Johnny disse...

Talvez o próximo, Moyle...

Mz disse...

A música e as imagens transmitem-nos emoções e este vídeo leva-nos a viajar até ao inferno que foi o 11 de Setembro. O mundo foi apanhado de surpresa pela facilidade que é destruir uma cidade e quem lá vive. Pode acontecer em qualquer lugar. O terrorismo é isto. E, é a forma mais difícil de se combater o inimigo.

Johnny disse...

O terrorismo será isto e muito mais, MZ... acho que, como em tudo, ainda estamos para descobrir do que é capaz... daí o medo.