05/01/2008

Benazir Bhutto

A mulher morreu, é uma pena, como é quando qualquer pessoa morre, mas se agora toda a gente a louva, antes, quando foi acusada de corrupção e improbidade administrativa, todos a condenavam. É um facto que todas as pessoas têm o direito a ser bestas e bestiais. Nenhuma pessoa que tenha sido condenada é necessariamente má, da mesma forma que nenhuma pessoa que morre é automaticamente boa. É preciso cuidado com as pessoas que admiramos.


Ditados populares apropriados:

"Atrás de mim virá quem de mim bom fará"

"O tempo apaga tudo"

"As aparências iludem"

"Junta-te aos bons, serás como eles, junta-te aos maus, serás pior do que eles"

"Nem tanto ao mar nem tanto à terra"

"Nem oito nem oitenta"

"Um burro carregado de livros não é um doutor"

1 comentário:

ipsis verbis disse...

"Uma mosca sem valor poisa c’o a mesma alegria na careca de um doutor como em qualquer porcaria" esta tb é adequada. acho. pelo menos gostei e ficou-me na memória este poema do antónio aleixo que o agrupamento lauro palma apresentou em forma de cantiga da última vez que os vi.