28/05/2008

Plangente ma non troppo


Hoje apetecia-me estar contigo. E digo contigo porque és apenas recorrente.
Por isso pensei em enviar-te uma mensagem.
Uma daquelas que de quase urgente, merece uma parte cómica, para não parecer tão inevitável.
Uma do género de "tira-me deste vício inócuo e vem aqui fazer-me cócegas", mas não tive coragem...
E amanhã serias-me desnecessário outra vez e eu sei que ambos sabemos que isso não é o melhor para nós. Enfim... apeteciam-me morangos com chantily quando ainda tenho cerejas no frigorífico.

2 comentários:

johny disse...

Afinal há posts.

OlhaRes IndisCretos disse...

Porque nos apetece sempre o que não temos ou o que não devemos?!

FasHion