06/09/2011

Ajudem a minha sobrinha a comprar um telemóvel

A minha sobrinha quer um telemóvel. Tudo de normal, mas ela tem um e nem os pais, nem os tios nem os avós acham que ela precisa de outro, apesar do telemóvel avisar, sempre que está a ser carregado: "Perigo. Não carregar. Contactar o serviço de avarias SonyEriksson"... ou qualquer coisa assim. De certeza que não há-de ser nada. Contudo, apesar de ninguém ceder às suas birras, nem à variante mais evoluída de se portar bem para que lhe dêem dinheiro para o telemóvel, ela pôs em prática o seu novo plano maquiavélico: fazer coisinhas engraçadas para a malta comprar, neste caso, são caixinhas de madeira decoradas através do recurso a várias técnicas de pintura e decoração, as quais a própria afirma dominar. Para já, está só a começar - criou o blogue e está preparar um plano de actividades -, mas daqui a algum tempo começará a apresentar os seus produtos e a comercializá-los.  Por favor, ajudem-na, pelo menos digam alguma coisa lá no blogue dela... é que se as caixinhas não se venderem, eu é que terei de entrar com algum dinheiro... como sempre.


5 comentários:

Briseis disse...

Oh... sobrinhos a quanto obrigais... =) é muito bonito da tua parte vires divulgar, ainda que tenhas um interesse escondido...

Brown Eyes disse...

Hum...já fui lá ver mas, faltam as fotos e os preços das caixinhas. Excelente ideia para começar a aprender que para se terem as coisas é preciso ter dinheiro que vem do trabalho. Beijinhos

Johnny disse...

Briseis, o meu interesse é puramente pedagógico, aquela pedagogia de que a Marya Brown eyes fala, de saber que para se ter as coisas é preciso trabalhar!

Mz disse...

És um intersseiro!
Vou ver...

Johnny disse...

"There are no such thing as free lunches!"