06/01/2011

Da Estupidez

"Todos nós somos, por vezes, estúpidos; por vezes também, somos constrangidos a agir cegamente ou semi-cegamente, de outra forma o mundo pararia; e se alguém retirasse dos perigos da estupidez esta regra: "Abstém-te de julgar e de decidir cada vez que te faltam informações", ficaríamos imobilizados! Mas essa situação hoje muito generalizada, recorda outra que conhecemos há muito, no domínio intelectual. Com efeito, como o nosso saber e o nosso poder são limitados, estamos reduzidos, em todas as ciências, a enunciar juízos prematuros; mas desde que estejamos atentos, como nos ensinaram, para manter este defeito em certos limites e corrigindo-o logo que possível, isso restitui ao nosso trabalho uma certa exactidão."
Robert Musil

Nine Inch Nails - Right Where It Belongs

 Para o tema de Janeiro de 2011, Preconceito, num desafio da "Fábrica de Letras".


25 comentários:

M disse...

Bolas. Gostei disto à brava... Desconcertou-me por ser tão sóbrio e andar tão longe dos pareceres moralistas, já de si preconceituosos.

MartaP. disse...

o homem sabe. sabe mesmo :)

Johnny disse...

M, ainda bem. Fico contente por ter mostrado, então.

MartaP., parece que falou (escreveu) bem, parece...

Fê-blue bird disse...

Nem mais! Está neste texto contido tudo sobre este tema. Excelente e inteligente participação.

Beijinhos

B disse...

Falou muitíssimo poema...!
E assim fica definida de forma curta, despretensiosa e precisa a essência do preconceito, acabando até por o justificar e legitimar...
Muito bonito!

Johnny disse...

Fê-blue bird, obrigado :)
Beijinhos right back at you.

B, é isso mesmo que eu pretendia. obrigado.
(Contudo, convém salientar que justifica até certo ponto, até ao ponto de a estupidez ser tanta que já não justifica nada)

Pronúncia disse...

Que seria do mundo sem o impulso da impulsividade?!...

Mz disse...

O Robert Musil fez uma excelente reflexão!
Somos estúpidos quando julgamos por impulsividade.

Maria disse...

Gostei mesmo muito!!

Catsone disse...

É pena haver estupidez mesmo, mesmo, mesmo estúpida...

José María Souza Costa disse...

Comportamentos !
Passei aqui lendo. Vim lhe desejar um Tempo Agradável, Harmonioso e com Sabedoria. Nenhuma pessoa indicou-me ou chamou-me aqui. Gostei do que vi e li. Por isso, estou lhe convidando a visitar o meu blog. Muito Simplório por sinal. Mas, dinâmico e autêntico. E se possivel, seguirmos juntos por eles. Estarei lá, muito grato esperando por você. Se tiveres tuiter, e desejar, é só deixar que agente segue.
Um abraço e fique com DEUS.

http://josemariacostaescreveu.blogspot.com

Johnny disse...

Pronúncia, exactamente. É, digamos, um mal necessário.

Mz, por isso é que ninguém se pode assumir como não sendo. Pouco ou muito, todos o somos (sim, eu mais do que a maioria) :)

Maria, eu também. Ainda bem que concordamos :)

Catsone, essa é que é pior.

Ó senhor José Maria Souza Costa...

pinguim disse...

E eu que detesto mesmo a estupidez...

Johnny disse...

Eu às vezes gosto da estupidez, Pinguim... depende da estupidez, claro :)

caminhante disse...

o pior mesmo é quando se insiste em ficar estúpido.

Johnny disse...

Caminhante, depende da estupidez, neste caso, depende do preconceito....

porque há muitos preconceitos que se verificam, nomeadamente os que concernem às mulheres :P

JoeFather disse...

De fato não tem como ficar eternamente "em cima do muro", tem-se que literalmente tombar para um dos lados.

Abraços renovados!

Johnny disse...

E se for preciso, voltar a subir o muro e passar para o outro lado :)

Abraço, Joe.

Moyle disse...

eu ando sempre a dizer viva a estupidez e, afinal, não andava assim tão longe de outras opiniões.

Johnny disse...

Moyle, mas pela rua? Isso não é perigoso? Ela que viva, mas com contenção e com critério.

Moyle disse...

contenção e critério acabarão por matar a estupidez... longa vida à estupidez (mantenho) :)

Johnny disse...

Moyle, manténs porque és estúpido :)

Moyle disse...

precisamente. ahahahahahah

Brown Eyes disse...

Estupidez? Abunda. Ainda nas ultimas eleições ficou provada a percentagem de estupidos deste país. Sabes qual foi? Beijinhos

Johnny disse...

Pode ter sido a percentagem conjunta de pessoas que votaram Cavaco, Manuel Alegre, Francisco Lopes, José Coelho e Defensor Moura?