15/06/2010

O moralista

Conheço muita gente com princípios.
Princípios morais, princípios políticos, princípios profissionais, princípios religiosos, princípios sociais, até princípios amorosos! Princípios.
Conheço muita gente com princípios, mas pouca gente com fins.

(João Freire)


Ornatos Violeta - Homens de Princípios

22 comentários:

Dylan disse...

Estás porventura a falar do Queiroz?!...

Pronúncia disse...

Johnny, sem princípios não há fins... ;)

pinguim disse...

O português,por princípio não é muito propenso a propor a si próprio finalidades concretas: daí a improvisação, de que somos mestres.

johnny disse...

Dylan, pode ser, mas não o conheço... e eu até sou dos optimistas. Acho apenas que ele perdeu alguns dos seus princípios e que desta vez facilitou face à "merd@" que o rodeia e à federação e que ele anunciou no dia da sua retirada da selecção aqui há uns anos.

Sim, Pronúncia, mas de que servem os princípios quando não se age sobre eles e conforme o que eles nos ditam? De que servem os princípios quando não há fins?

Pinguim, a improvisação moral é capaz de gerar algumas incongruências... daí haver muitos princípios, alguns até contraditórios.... mas, lá está, poucos fins. Normalmente, todos somos muito bons a avaliar comportamentos dos outros e muito maus a avaliar os nossos, por exemplo.

Louise disse...

A batalha por se manter os principios pode ser dura e talvez por isso muita gente desista antes de sequer pensar em alcançar os fins.

johnny disse...

É uma questão de relativismo. Desistem porque não lhes (nos) dá jeito... é também uma questão de aparências... anda meio mundo a enganar meio mundo, mas toda a gente se considera honesta. Ninguém o é... só eu!

Lala disse...

em princípio tens razão...

johnny disse...

Por princípio, aceito a piada, Lala.

Lala disse...

eu já venho finalizar.

Pronúncia disse...

Johnny, mas isso só é verdadeiro para quem diz que os têm, mas na realidade não têm, e estes normalmente são daqueles para quem os fins justificam os meios (que é o mesmo que dizer que princípios é coisa que desconhecem).

Lala disse...

para finalizar concordo com a pronúncia!

Pronúncia disse...

Lala, obrigada! :)

meldevespas disse...

Nos dias que correm, o que mais se "ouve" por aí são pessoas com..."prencipios", carradas mesmo!
É que sabes, os principios são fáceis de se apregoar, escorreitos de se dizer, mas dificeis de carregar meu amigo. "Enfem"..
Bêjo

ipsis verbis disse...

Homens com princípios mas sem fim? isso faz-me lembrar a expressão "work in progress", uma desculpa esfarrapada que alguns utilizam quando deixam o trabalho a meio...

MZ disse...

Tudo tem um princípio e um fim... só é pena muita gente ficar pelo caminho.
Não se pode ficar apenas pelas palavras, os actos são fundamentais!

johnny disse...

Às vezes até têm, Pronúncia (e Lala), mas escolhem as alturas para os aplicar... o que acaba por ser igual a não os ter :)
É um mal geral.

Mel, ppois... são essas pessoas de "prencípios"! Pois, como não os sabem identificar.... também não os sabem enunciar :)

Ipsis, mas às vezes é mesmo...às vezes, só às vezes...

MZ, era mais nesse ponto que eu falava, daí mereceres um prémio. Não sei qual, nem se alguém to vai dar... eu não, mas se alguém desse, era merecido. Fica a referência: Foste tu, MZ, a que se aproximou mais do sentido das minhas palavras.

Moyle disse...

conheces muitos gordos então. como são redondos não se pode dizer que tenham propriamente um fim.

johnny disse...

Se vires de dentro para fora, têm!

MZ disse...

O meu prémio é ler e tentar entender... só isso.
Mas é bom saber que me aproximei da tua reflexão:)

Brown Eyes disse...

Estou plenamente de acordo. Os princípios são a maior parte das vezes teoria que nunca passa à prática. Pena!!! Beijinhos e obrigada pelo conselho.

johnny disse...

You're welcome, Brown Eyes.

Helena disse...

ganda banda, é o que é. teve um principio e um fim...