30/07/2011

Talvez daqui a dois anos

‎"You have to decide what your highest priorities are and have the courage - pleasantly, smilingly, non-apologetically - to say ‘no’ to other things. And the way to do that is by having a bigger ‘yes’ burning inside. The enemy of the ‘best’ is often the ‘good.’"

Stephen Covey, autor do livro 7 Habits of Highly Effective People

R.E.M. - Every day is yours to win

12 comentários:

ipsis verbis disse...

"The enemy of the ‘best’ is often the ‘good." e com esta frase disse tudo.

Catsone disse...

Isso é um livro de auto-ajuda? lol

Johnny disse...

Catsone, Há dúvidas relativamente ao facto de ser um livro de auto-ajuda... CONTUDO, apesar de EU DESVALORIZAR ESSE TIPO DE LITERATURA, concordo que, na sua base científica do senso comum, possam acertar na FORMA como dizem algo que eu identifique como verdadeiro... ou, pelo menos, queira acreditar! A razão primeira pela qual desvalorizo essa literatura é precisamente pelo carácter objectivo que dão a factores totalmente subjectivos e voláteis. Sendo assim, aprecie-se SÓ a forma.

Moyle disse...

daqui a uns tempos é também a minha reacção :)

pinguim disse...

O título da postagem dava-me a ideia de ser uma citação do ministro das Finanças...

Anónimo disse...

what, in two years?

Paula disse...

Almost two years...!!!
That will be a tremendous yes!
Good luck to your quest...

Anónimo disse...

well, I am curious now... can you explain that?
almost two years to...?

Brown Eyes disse...

Estou de acordo com o pinguim. Mas dois anos é pouco tempo.
Beijinhos

Johnny disse...

Paula e anónimos... para nada que vos interesse!!!

Mary, não queiras concordar com ele que lhe sobe à cabeça :) e depois fica com a mania. Mas, Mary, este Governo, em seis meses põe tudo direitinho, vais ver...

Johnny disse...

E Moyle, claro, procrastinar nunca é uma boa solução.

Paula disse...

Peço desculpa, mas também não disse que me interessava, e, nem sequer estava implicíto no meu comentário.
Achei curioso o facto do "talvez daqui a dois anos" e desejei-te sorte para os "nãos" e o "sim" que pretendes, só isso.
Mas fiquemos por aqui...