17/08/2010

Life's a rollercoaster

Talvez a vida seja uma montanha-russa*... ou talvez seja um parque de diversões. Se for, que seja o Port Aventura, que é o único que eu conheço, cheio de montanhas russas para escolher ou nos calhar em sorte, trazendo-nos de volta aquele sorriso de criança. Não é esse, é o outro. Há perigos, há subidas íngremes e descidas vertiginosas... ou nem por isso, porque já somos adultos, e tudo acaba muito rápido, mas há diversão certamente... como na vida!

Dragon Khan
"...el día de su inauguración batió el récord de inversiones con ocho, y el vertical loop más alto del mundo con 38 metros"

Furius Baco
De 0 a 135 Km/h em 3 segundos
"Fue la montaña rusa más rápida de Europa desde su inauguración hasta agosto del 2009, y una de las de mayor aceleración del mundo."

Hurakan Condor
"Es una de las más altas del mundo y rápidas, e incorpora un sistema único de carros inclinables."

*Pearl Jam - Everyday (cover)

18 comentários:

Pronúncia disse...

A vida até pode ser uma montanha russa, mas a mim é que não me apanhavam numa coisas destas... no mínimo, dava-me uma coisinha assim para o muito má! ;D

SDaVeiga disse...

O meu coração já acelerou só de ver imagens sem movimento, faria...

Se a vida é uma montanha-russa, então que a minha seja daquelas para putos, sem loops nem nada de mais, porque não a quero passar de olhos fechados!!!

Parabéns pelo blog, é muito fixe!!!
A ver se cá volto mais vezes.

meldevespas disse...

Falta-me conhecer este Port Ventura, e pelo que vejo aqui deve ser aventura pra diante! Eu conheço uns quantos aqui nas redondezas, a Isla Mágica, o da Warner Bros, o Parc Ásterix, o Disney, enfim. Conheço porque já lá estive e coise, agora enfiarem-me dentro de uma coisa dessas...bem isso é outra estória. Sou sempre motivo de gozo porque só entro dentro das coisas indicadas pra crianças e mai nada. Dou-me pouco com essas coisas da adrenalina. Só no Parc Asterix me convenceram a andar numa especie de montana russa em que a malta vai dentro de um casulo quase deitada a uma velocidade maluca. Fui sempre de olhos fechados e a gritar, e quando de lá sai a única coisa que me ocorreu foi como é que eu podia matar aquelas quatro pessoas ali à minha frente.

johnny disse...

Pronúncia, eu acho que te daria uma coisinha assim para o bom... ainda que custasse uns três ataques cardíacos.

SDaVeiga, mas às vezes a vida também dá umas voltas lixadas! Obrigado pela visita. Volte sempre.

Mel, imagino... mas agora, reflectindo sobre isso, não gostaste de ter feito essa viagem no casulo da morte?
(Já tive a ver imagens desses parques de que falas e já me despertaram o interesse... pode ser que quando volta para aquelas bandas lá passe)

Salvador disse...

Eu, de Montanhas Russas ja tenho a minha conta.
Mas gostava mesmo era de conhecer as da Nova Zelândia.
Não há vagar (leia-se €) e fico-me mesmo pelas da vida... mais as do género retratado na núsica 'Space Between' de Dave Matthews Band.

Pronúncia disse...

Obrigadinha, johnny... 3 ataques cardíacos?! isso não se deseja ao pior inimigo!...

MZ disse...

Ai Johnny, não me convides para estas montanhas russas... só se for no dragãozinho das feiras populares. E olha que já tive as melhores oportunidades...

johnny disse...

Salvador, ainda que não me imagine como um daqueles malucos que passam a vida em montanhas-russas, também não me importava de experimentar as da Nova-Zelândia... e todas as outras, porque isso significava, ao menos, que viajava até à Nova-Zelândia e aos outros sítios todos. Dave Matthews... é bem :)

É Proninha, se vires bem, a ocorrência de três ataques cardíacos apenas significa uma coisa, que nenhum deles era fatal!

Mz, convidaria sim senhora... e até te arrastaria, porque são coisas que... vejamos, estas coisas valem sempre a pena experimentar, mais não seja pelas sensações que despertam dentro de nós e que são irrepetíveis de outra forma.

Catsone disse...

Inveja...

johnny disse...

Catsone, não tenhas. que isso faz mal... dá mau Karma... aproveita um fim-de-semana e vai.

Dylan disse...

Já me contentava com uma "Bracalândia"!

Pronúncia disse...

johnny, sejam ou não fatais, isso não se deseja ao pior inimigo!...

Pronúncia disse...

Dylan, a Bracalândia já não existe... no lugar onde ela estava está agora a obra que foi inaugurada vai para um ano com pompa e circunstância, e direito a visita real e presidencial, mas continua a ser construída... Portugal no seu melhor!

pinguim disse...

Andei uma vez numa montanha russa e jurei de nunca mais.
O que é curioso é que tenho ideia que foi em Barcelona, mas não neste parque, pois ainda não existia; será que havia em Montjuic uma montanha russa ou eu estou a sonhar?

johnny disse...

Pronúncia, ok... se insistes, eu peço desculpa, mas aviso que não foi por mal :(

Já agora, metendo-me na discussão da Bracalândia, aviso a Sô Dona Pronúncia que a Bracalândia existe, mas que apenas foi deslocalizada... neste caso, para Penafiel.

Pinguim, não deve ser Montjuic, mas sim Tibidabo, que é outro monte (há muitos em barcelona) com a igreja do sagrado coração lá no cimo... não?

MZ disse...

Olha, o Johnny arrastava-me!... Nem pelos cabelos, seu primata!(...risos...) estou a brincar... não resisti à palavra "arrastaria"

johnny disse...

insultos, a esta hora, MZ? Não ias, não ias... your loss!

pinguim disse...

É isso mesmo, obrigado.