24/11/2010

A ninguém lhes parecem os seus defeitos demasiado graves, especialmente o defeito de não considerarem os seus defeitos demasiado graves.

Sou uma pessoa detestável.
Não sei se quero ter filhos. Tenho a certeza de que não quero animais de estimação. Chegam, conquistam o nosso carinho, desprezam-nos, morrem… ou morremos nós! Amor desperdiçado.
Tenho alguma inveja de quem tem sorte na vida. Pode ser inveja do carro, do dinheiro… mesmo que seja dos meus amigos… Se calhar, principalmente quando são os meus amigos - é fácil deixar-mo-nos levar pela inveja.
Gosto que o meu trabalho seja reconhecido. Da mesma forma, também o meu altruísmo e carácter filantropo devem ser referenciados abundantemente pelos beneficiários e espectadores. Eu sou daqueles que gosta de deixar passar as pessoas nas passadeiras e se sente bem por isso. Convém que agradeçam com um gesto, um acenar, ou um obrigado gesticulado. Não o fazendo, são umas bestas ingratas.
Sou preconceituoso na medida em que acho que alguns preconceitos têm razão de ser, como por exemplo as capacidades automobilísticas das mulheres.
Sou orgulhoso, como aqueles que apontam os seus defeitos em forma de elogio, mas também sou teimoso, arrogante e vingativo. "Não sou vingativo, mas quem mas faz paga-mas".
Gosto de corrigir as pessoas e quando me engano… Nunca me engano!
Gosto de discutir. Alimento-me de discussões e recorro ao passado para as ganhar. Normalmente ganho-as, não sei se por mérito intelectual ou cansaço do adversário, o que faz com que também seja chato.
Sou parvo nas brincadeiras, roçando não poucas vezes o mau gosto.
Cometo erros atrás de erros e quando finalmente os corrijo (ou tento) não tardo nem hesito em voltar a cometê-los.
E sou do Benfica.

(João Freire)

Radiohead - Creep

Stone Temple Pilots - Creep

Beck - Loser


Para o tema "Transparência" num desafio da "Fábrica de Letras".

*O título do post remete para uma citação de Carlos Marzal, um poeta espanhol

37 comentários:

kate disse...

Perfeito !

Brown Eyes disse...

ahahahah não te vejo assim mas, se dizes que és, quem sou eu para dizer que não. Mas para mim és um menino inteligente, que sabe e gosta de discutir, não é invejoso, reconhece quando erra, talvez um bocadito trapalhão (será?), esta não tenho a certeza. Resumindo és um garoto por quem tenho carinho, que mora aqui ao lado, que não conheço mas que respeito e admiro.
Beijinhos

pinguim disse...

Como eu me revejo em muitas das tuas transparências...
E no entanto, parecemos ser bastante diferentes.
É curioso, não é o ser que é bem diferente, é mais a maneira de o mostrar.

Ser do Benfica, hoje, é uma porra!

Dylan disse...

Basta-me saber que és do Benfica para continuar por aqui!

clara umbra disse...

Creep! Loser! :)

O título diz tudo! "Ah eu não sou teimoso, sou persistente... não sou indeciso, sou ponderado..." :)))

Lala disse...

Sabes? Não acredito em algumas coisas mas partilho alguns defeitos contigo. Seguramente ser do Benfica não é um deles, mas ninguém é perfeito.
Está excelente este post ;)!

El Matador disse...

Ia dizer que só te faltava ser do Benfica mas não foi preciso. :)

meldevespas disse...

és realmente detestável, mas, no entanto, e apesar de, tenho cá pra mim que és um detestável daqueles que vale a pena ;)
essas pequenas coisinhas são até perdoáveis, e quem não se revê aqui e ali não é?
mas tinhas que estragar tudo com a última frase. isso meu amigo é intragável.

Vita C disse...

Independentemente da banda sonora do post (brilhante, brilhante!), é texto curioso. Porque não acredito que sejas "tudo" isso e / ou que sejas "apenas" isso. Compreendo o propósito do post, parece-me que somos todos um pouco assim. A diferença no que fazemos com esse conhecimento ... ou não. Não mudar implica aceitar esses defeitos e achar que está tudo muito bem. Mudar implica que reconheçamos estes defeitos, mas tira-nos a vantagem de felizmente não sermos seres perfeitos :)

Johnny disse...

kate, perfeita descrição? Sim, é capaz... transparente, pelo menos.

Mary, trapalhão????? Onde raios foste tu buscar essa ideia?

Ser do Benfica, ontem foi lixado.... hoje já passou :)

Dylan, não é coisa que se mude assim do pé para a mão.

Clara, é o habitual na descrição dos defeitos... nunca ninguém diz que tira e come macacos do nariz. O marketing é tão importante que até os defeitos denunciam virtudes.


Lala, a seguir ao facto de seres negra, é a segunda surpresa que me dás... qual delas a pior :)

El matador, outro que não é do Benfica? Isto há uns anos não era assim... ou será que a blogosfera está dominada por uma elite anti-benfiquista e os benfiquistas preferem outros meios de comunicação? Fica a dúvida.


Sou um detestável de alta-manutenção, Mel... outra que não é do Benfica? Queres ver que é do Campomaiorense...

Vita C, a análise está como (nas tuas palavras sobre a banda sonora) "brilhante, brilhante" :) Está muito bem visto, sim senhora, não fosse a autora uma psicóloga. Contudo, eu tenho noção de que não sou perfeito... como toda a gente, aliás, mas sei também que ando mais perto dessa perfeição do que a maioria :)

Pronúncia disse...

Ouve lá, isso de transparência dá para os dois lados, para os defeitos e para as qualidades... vá, faz lá um post sobre as qualidades

:D

Moyle disse...

oh crap... o meu auto-retrato (uma sombrinha ou outra diferente não anula aquela afirmação. é liberdade do artista, não diferenças).

e que tal para transparência?

ipsis verbis disse...

Ahahah, verdade!

E revejo-me também em alguns pontos, ou defeitos, vá. Porque também sou daquelas que se orgulha em apontar os que tem :P

Por entre o luar disse...

Sim, perfeita descrição de tão transparente que é ;)

Por entre o luar disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Johnny disse...

Maria Pronúncia, as virtudes são tantas que não cabiam na Internet toda... mas posso destacar uma: a modéstia!

Moyle, vai-se a ver, somos todos iguais!

Ipsis, depende dos defeitos que se apontam... desde que não sejas daquele tipo que diz... o meu maior defeito é ser muito perfeccionista (com "muito", que é para aumentar o nível de perfeccionismo e tudo)

Por entre o luar, julgava que eras a kate lá de cima, vá-se lá saber porquê (até porque concordam com a perfeição da descrição)

Por entre o luar disse...

Pois xD estamos em sintonia !

MZ disse...

Por isso eu acho que a transparência não é abonatória para quem mostra todos estes defeitos.
Agora, para que eu não te ache assim tão mau, vais ter de escrever outro texto só com qualidades.
É para equilibrar :)

Johnny disse...

Deve ser, deve ó Por entre o luar -.-

MZ, já disse ali atrás que seriam muitas (demasiadas, até) para enumerar... mas a modéstia é uma dessas qualidades :) E, apesar de tudo, convém manter esta atitude de bad boy porque dizem os ingleses que as mulheres gostam das bestas (women love jerks)...

Por entre o luar disse...

Pois é.... xD com tanta verdade junta ela so podia concordar comigo !

Johnny disse...

já chega, devias dizer antes que era mentira e que me conhecias e que sabes que eu sou um anjinho (AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA)
adorável.


(Aquilo é o anjinho a olhar para o céu e a cantar uma melodia celestial em coro)

Por entre o luar disse...

Lol..por te conhecer ! é que achei isto perfeito ! e milagre admitiste que resumindamente és uma pessoa reles ! ahhh e esqueceste-te de referir o seres convencido !

Johnny disse...

Está lá: Arrogante. É o mesmo.

Por entre o luar disse...

Pronto ... desta vez passa ! xD

ipsis verbis disse...

eu é mais "epá o meu maior defeito? o meu maior defeito é ser super perfeccionista" LOL e quase que leva hífen, capa e cabelo a esvoaçarem para trás, mesmo à heroína.

Brown Eyes disse...

johnny eu sei lá. Tenho esta ideia. Está certa? Beijinhos

Johnny disse...

Por entre o luar, passa sempre que eu quiser :)

É, Ipisi, tu também tens um bocado a mania, tens :)

Mary, apesar de ter feito algumas trapalhadas, acho que não se pode generalizá-las ao ponto de permanecerem como uma característica distintiva deste vosso amigo. Diria que não.

Lala disse...

Ah ah! Sou uma BMW (Black Magic Woman) para que saibas (isso sim, é de Altíssima Manutenção!!!!) e depois... o quê? Não ser do Benfica?? Isso é um estado de graça pá, que às vezes não tem graça nenhuma, mas também não interessa nada! ;)

Johnny disse...

Lala, dá logo para ver que és do Sporting... pobrezinha :(

Lala disse...

ahahahahahahahah! então... ninguém é perfeito!

Johnny disse...

Ninguém é do Sporting, queres tu dizer... quase! Mas, pronto, este fim-de-semana, para te mostrar a minha amizade por ti, até vou torcer pelo Sporting, a sério!

Juana disse...

leio o primeiro e o ultimo paragrafo e sorrio, de orelha a orelha, quase que concordo contigo. Depois da introdução e da conclusão leio o desenvolvimento do teu raciocínio, e acho que não és tão detestável como queres fazer parecer. Vejo defeitos e qualidades como em qualquer ser humano. That's it.

Johnny disse...

pois, Juana, foi o que tentei mostrar quando disse que era do Benfica: alguma virtude no meio de todos os defeitos :)

blue disse...

Meu amigo, os preconceitos, nomeadamente os que assentam no género, são o que são: conceitos formados antecipadamente sem base séria e fundamentada. Deixa-me recordar-te que muitos homens são péssimos condutores - conheço alguns - e que algumas mulheres são condutoras exímias -conheço-me a mim, e basta.

Os erros... bem, esses também definem quem somos. E a forma como lidamos com eles, como partimos para outra, como decidimos que errar implica voltar a tentar. Mesmo que se erre de novo.


Ah... benfiquista! Eu sabia que tinha razões para gostar de ti.


Excelente selecção musical. Como sempre, deixa-me acrescentar.

Johnny disse...

Blue, a definição de conceito (se pensarmos bem, todas as definições o são) é, em si, um preconceito.... aliás, qualquer investigação científica parte de um preconceito (hipótese, pergunta de partida, etc)... a diferença reside na validade e comprovação final desse preconceito. Eu garanto-te que, como disse, "por enquanto esse preconceito ainda é válido" e mostro-te ou justifico-te isso mesmo quando quiseres. Isto, claro, sem invalidar que existam mulheres a conduzir bem e homens a conduzir mal. O preconceito só é válido enquanto generalização de uma maioria cientificamente verificável.

Quanto aos elogios, do Benfica e da selecção musical.... pois... obrigado ^^

blue disse...

"Isto, claro, sem invalidar que existam mulheres a conduzir bem e homens a conduzir mal."

Estamos entendidos (empatados).


;)

Johnny disse...

Assim ninguém se chateia, o que é bom.